publicidade

Há uma aplicação que põe os turistas em contacto com residentes e é portuguesa

Diogo Pereiratexto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Sanpcity

Uma startup portuguesa desenvolveu uma aplicação inspirada no Tinder, mas esta serve para colocar turistas e residentes nas cidades em contacto direto.

Os milhares de turistas que visitam Portugal todos os anos contam, desde há três semanas, com uma nova aplicação móvel que os vai ajudar a descobrir melhor os recantos do nosso país, com a ajuda de quem cá mora. 

O conceito é bem simples: quando um turista chegar a Lisboa ou ao Porto e precisar de uma dica para jantar, um museu para visitar, um bar para ir ou qualquer outra informação relacionada com a sua passagem por Portugal, basta instalar a Sanapcity, colocar a questão e esperar que um dos muitos residentes registados respondam à pergunta. No final, se ficar satisfeito, o turista pode avaliar o residente e até dar-lhe uma gratificação monetária até €50.

Esta aplicação “é diferente porque aposta totalmente no chat, ou seja, aposta em não criar qualquer barreira ao contacto virtual entre turistas e locais. Em poucos segundos posso fazer login e começar a falar com locais, é de uma simplicidade e imediatismo impressionantes”, diz André Dias, um dos fundadores da Sanapcity, ao W360.PT.

De acordo com o fundador outro dos pontos fortes da Snapcity é que “quem recomenda são os locais, os verdadeiros conhecedores da cidade”.

André Dias, de 37 anos, e Manuel Figueiredo, de 38, tiveram a ideia de criar esta aplicação quando, numa viagem à Ásia, viram no Tinder uma forma fácil e prática de entrar em contacto com os locais para recolher dicas de sítios para visitar. Juntaram-se a eles Jorge Veiga, João André e Miguel Amaral, formaram uma equipa de cinco engenheiros e lançaram a Snapcity, no dia 17 de julho de 2017.

Nestas três primeiras semanas de atividade registaram já mais de três mil downloads e mais de 800 utilizadores registados como locals, 500 em Lisboa e 300 no Porto, as duas cidades onde a aplicação já opera. Até ao final do ano esperam chegar a mais cinco cidades.

A Snapcity ainda só está disponível para Android, mas deve ficar disponível para IOS durante o último trimestre de 2017.

Como funciona a Snapcity?
O Turista seleciona o destino e o assunto sobre o qual procura ajuda

Os Locais da SnapCity são notificados e podem aceitar/recusar o pedido

O Turista recebe a lista dos Locais disponíveis e inicia um chat online com quem desejar

No final, o Turista tem a opção de dar uma gratificação, tip,  ao Local, e é ainda pedida uma classificação 1-5 estrelas, critério que permitirá uma melhor triagem na escolha dos Locais
Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt