publicidade

Está marcada uma greve de pilotos da Ryanair em Portugal

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Adrian Pingstone

Ação em Portugal surge na sequência de greves convocadas noutros países da Europa

publicidade

Os pilotos da Ryanair a operar em Portugal vão juntar-se aos da Irlanda, Alemanha e Itália que já anunciaram greves para o mês de dezembro, diz o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil. A data para a paralisação é o próximo dia 20 de dezembro.

“Esta acção está relacionada com outros movimentos dos pilotos da Ryanair na Irlanda e na Itália, e o SPAC lamenta profundamente que possam surgir potenciais perturbações nos planos de viagem dos passageiros”, diz um comunicado enviado à imprensa pelo sindicato.

No mesmo documento pode ainda ler-se que a decidir fazer uma greve “nunca é fácil”, mas a “recusa contínua da Ryanair em negociar com os pilotos de forma justa e transparente” não deixa outra opção.

Os pilotos da Ryanair exigem melhores condições de trabalho, melhores salários e o reconhecimento da sua sindicalização.

“Caso a administração da Ryanair mostre abertura para o diálogo construtivo com vista à negociação colectiva e reconhecimento da Comissão de Empresa do SPAC como negociador, bem como um compromisso em acabar com a cultura estabelecida de medo e bullying em relação sua equipa”, os pilotos desmarcam a greve, lê-se no mesmo documento.

Num comunicado enviado à BBC e citado pelo Público a Ryanair aponta o dedo aos pilotos que acusa de não se preocuparem com os colegas e com os passageiros.

“Apesar de alguns voos poderem ser cancelados, a Ryanair acredita que será limitado a um pequeno grupo de pilotos que em breve deixarão a Ryanair e por isso não se importam com o facto de as suas ações incomodarem colegas e clientes”, lia-se.

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt