publicidade

Chamberí, a estação oculta do metro de Madrid que pode visitar gratuitamente

claudia-paivatexto e fotos Cláudia Paiva
claudiapaiva@w360.pt

Diogo Pereiratexto e fotos Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

Madrid, Espanha

Bem-vindo a Madrid. Chegou à capital espanhola e é muito provável que vá usar o metro para se deslocar. Ir ao Palácio Real, ao Museu do Prado ou à Praça do Sol vai ser muito mais confortável se fizer as suas deslocações debaixo de terra.

O Metro de Madrid é o sexto mais comprido do mundo com uma extensão de mais de 280 quilómetros e tem em funcionamento 281 estações em 13 linhas distintas. É rápido, barato e confortável por isso é, sem sombra de dúvidas, o segundo melhor meio de transporte dentro da capital espanhola. O primeiro são os seus pés, afinal não há melhor forma de conhecer uma cidade do que a caminhar.

E é precisamente a caminhar que vai ter que chegar à estação de metro de Chamberí, desativada há mais de 50 anos. O metro ainda lá passa, mas já não pára.

O adormecimento da estação de Chamberí foi ditado pelo crescimento do metro que teve que aumentar a capacidade dos seus comboios que passaram a não caber aqui. Havia cada vez mais pessoas a vencerem o medo de circular em inóspitos túneis onde o sol não chegava e a pobre estação que fazia parte da primeira linha do metro não tinha condições para ser alargada como outras foram. No dia 22 de maio de 1966 o metro de Madrid perdia uma estação.

publicidade

Perdia até 2008. 42 anos depois de ter terminado a sua atividade, a estação de Chamberí seria devolvida à cidade com o projeto Andén 0, um núcleo museológico que teve como objetivo mostrar as origens do metro a madrilenos e turistas.

Chamberí é hoje uma estação cheia de charme que nos ajuda a compreender como foi importante este modo de transporte para a mudança da própria sociedade.

E as coisas não mudaram muito. A publicidade já tinha um papel muito importante, talvez até mais relevante do que hoje em dia, uma vez que os anúncios eram desenhados à mão em azulejos fixados nas paredes. Não seria para todos ter um destes painéis que ainda hoje podemos ver intactos.

A visita a esta estação fantasma recupera as sensações de antigamente com a iluminação da época e com todos os elementos arquitetónicos e decorativos intactos. Antes de sair podemos ainda espreitar um filme que conta a história da evolução do metro, da cidade e das pessoas.

Andén 0: Estação de Chamberí
 Madrid, Plaza de Chamberí
grátis
quintas:
10:00 às 13:00 | sextas: 11:00 às 19:00 | sábados e domingos: 11:00 às 15:00
aceda ao site

 As estações de metro de Alonso Martinez e Bilbao são as mais próximas da Estação de Chamberí. Também pode chegar de autocarro usando as linhas 3, 40 e 147

Guarde pelo menos uma hora para visitar a estação de Chamberí 

publicidade

 Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção aos autores: claudiapaiva@w360.pt ou diogopereira@w360.pt