publicidade

Aeroportos espanhóis vão ser obrigados a vender garrafas de água por um euro

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Ricardo Bernardo

Medida já está a ser aplicada por 19 operadores

publicidade

As compras nas lojas de aeroporto são, geralmente, um verdadeiro atentado à carteira de qualquer viajante. Mas não era suposto estas lojas terem preços mais baixos do que as do exterior uma vez que estão isentas de muitos impostos? Parece que não!

Quando falamos de compras em aeroportos nem sempre estamos a falar de chocolates em tamanho industrial, perfumes, tabaco ou roupas de marca. Muitas vezes falamos de comida e bebida, bens fundamentais para não chegarmos ao destino com uma quebra de tensão.

Mas de Espanha, que não vem bom vento nem bom casamento, parece vir uma boa notícia: as garrafas de água à venda nos aeroportos vão ter um valor máximo de um euro, garantindo assim que são estão acessíveis a todos os passageiros.

A informação avançada pelo El País diz que a Aena, empresa que gere todos os aeroportos de Espanha, já começou a introduzir a medida nos contratos que tem realizado com novos operadores de lojas e restaurantes. No total são já 19 os operadores que têm garrafas de 33cl a um euro. As máquinas automáticas vão começar a ter garrafas de 50 cl ao mesmo preço.

Assegurar uma oferta suficiente de garrafas de água com o preço máximo de um euro é uma recomendação do Airport Council International, agora seguida pela operadora espanhola.

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt