publicidade

Estes são os pratos que tem (mesmo) que provar quando fôr à Rússia

claudia-paivatexto e fotos Cláudia Paiva
claudiapaiva@w360.pt

Diogo Pereiratexto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

Moscovo, Rússia

Quando fazemos um roteiro de viagem os museus, os monumentos e os parques geralmente ocupam o topo das nossas prioridades, quanto à comida quando chegarmos logo se vê. Mas se a comida é uma das partes mais importantes de uma viagem, porque não meter os pratos típicos ao lado das obras de arte?

Na Rússia as sopas são muito bem vistas e com razão, sozinhas encarregam-se de uma refeição que nos sacia e nos dá força para enfrentar as caminhadas no Kremlin ou no Hermitage. Por isso, nesta lista de oito pratos, três são sopas.

Inspire-se antes de partir, chegue com água na boca e, não diga nada a ninguém, os preços são muito acessíveis.

Borsch

Eis a estrela da companhia. Esta é uma sopa que vai encontrar em praticamente todos os restaurantes russos e siga a nossa dica, prove-a que não se vai arrepender. É consistente e geralmente servida em quantidades suficientes para fazer dela uma refeição que o vai deixar saciado.

O vermelho carregado vem da beterraba, o ingrediente principal ao qual se juntam o tomate, repolho, cogumelos, vinagre e carne.

Salada Russa

A Salada Russa não podia, evidentemente, faltar nesta lista. Na verdade por estas bandas é conhecida como Salada César. A receita não tem grandes segredos e é provável que até já a tenha feito várias vezes em casa. Legumes, geralmente cortados em cubos envolvidos em maionese, sendo que a batata não pode mesmo faltar.

publicidade

Kasha

Vamos agora a um petisco que vai bem com tudo, a Kasha. Um chamado trigo mourisco cozido que muitas vezes é acompanhado com salsichas ou almôndegas. É um prato muito simples, mas também muito característico, uma vez que fora da Rússia só o vai conseguir encontrar em países da Europa de Leste como a Ucrânia, a Hungria ou a Polónia.

Lombo com frutos vermelhos

Lombo no forno é uma refeição típica um pouco por toda a Europa, com legumes também se costuma ver muito por aí, mas e com frutos vermelhos? Esta é uma combinação russa muito improvável, mas que resulta impecavelmente.

Pelmêni

Muito parecidos com os Ravioli italianos, os Pemêni distinguem-se pela massa mais densa, muito próxima da pastelaria, e pela quantidade de recheios disponíveis. Há os comuns, de pato, porco ou vaca, mas também é comum encontrar carne de alce no recheio ou peixes diversos. As receitas são muito variadas de restaurante para restaurante.

Rassolnik

Vamos a mais uma sopa que não é apenas uma entrada, é uma refeição completa tal é a consistência. A carne não falta na maioria das sopas russas e esta não é exceção. Os legumes também são comuns, mas esta tem uma particularidade, os pickles.

Shashlyk

O próximo prato é para aqueles que já estão a deitar as mãos à cabeça porque até aqui só viram pratos muito condimentados e algo pesados. As espetadas de carne assada também são deliciosas e, se optar por carnes brancas como o frango, consegue ter uma refeição leve, muito saudável e sem fugir à tradição russa.

Sopa no pão

Já percebeu que as sopas são uma especialidade por estes lados, certo? Há muito por onde escolher e até há formas diferentes de serem servidas. A sopa no pão é mais uma que, para além de divertida é irresistível.

Para além destes oito magníficos – que não pode mesmo perder – deixamos ainda mais três sugestões. O mítico Strogonov nem precisa de ser apresentado; o Frango à Kiev (um panado de frango com recheio de queijo e ervas) e a Kulebyaka (uma torta feita com massa pão ou massa folhada recheada com peixe vermelho, cogumelos, ovos e cebola).

publicidade
 

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção aos autores: claudiapaiva@w360.pt e diogopereira@w360.pt