publicidade

Novo dono da TAP vai lançar uma companhia aérea lowcost

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Tokota e Alex Beltyukov

Nova companhia deverá chamar-se Moxy

publicidade

David Neeleman revolucionou a aviação nos Estados Unidos quando fundou a companhia de baixo custo Jet Blue. Foi ele que criou os já indispensáveis cartões de embarque eletrónicos e desenvolveu tecnologias como o ckeck-in online, usado hoje em dia por praticamente todas as companhias aéreas em operação um pouco p0r todo o mundo.

No Brasil Neeleman fundou a companhia Azul, cujo nome foi escolhido pelos brasileiros numa votação nacional em 2008.

Este empresário da aviação tornou-se conhecido dos portugueses quando encabeçou o consórcio que concorreu e ganhou a privatização da TAP em junho de 2015.

Agora David Neeleman parece querer lançar-se numa nova aventura que consiste em lançar uma nova companhia de baixo custo nos Estados Unidos. De acordo com a revista Travel and Leisure, a Moxy pode começar a operar em 2020, quando se prevê que receba o primeiro avião.

O objetivo desta companhia é assegurar ligações entre aeroportos menores dos EUA com aviões Bombardier CS5300, com capacidade para 130 passageiros. A empresa terá encomendado já 30 destas aeronaves, de acordo com a Bloomberg.

De acordo com informações do fabricante, estes aviões são ideais para aeroportos de pequenas dimensões, com pistas mais curtas e terão um desempenho 15% superior em termos de gastos de combustível, face aos seus principais concorrentes.

A Moxy tem o objetivo de concorrer no mercado das lowcost, oferecendo um serviço de maior qualidade. Mais espaço para as pernas e wifi a bordo são algumas das regalias que Neeleman quer oferecer aos passageiros.

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt