publicidade

Vários barcos estão a ser proibidos de circular no principal canal de Veneza

texto Jorge Sá
geral@w360.pt

foto Pedro Szekely

Aumento exponencial do trafego está na origem da medida

publicidade

Moradores e turistas em Veneza terão que procurar outros meios para se locomoverem pela cidade, já que um novo regulamento vai proibir certos tipos de barcos no Grande Canal.

Desde 1 de agosto La Serenissima baniu totalmente barcos de recreio – como canoas, caiaques e gaivotas – de serem usados ​​no Canalazzo, no Canal Cannaregio e nas vias com grande fluxo de barcos de transporte público. As pessoas que vivem ou possuem empresas na zona histórica, no entanto, estão isentas da proibição completa e ainda poderão utilizar os barcos durante horários restritos. Relativamente às gôndolas, podem continuar a circular livremente.

Após a morte de um turista alemão em 2013, os regulamentos do Grande Canal tornaram-se mais rigorosos: desde logo com menos ferryboats na aquavia.

No que concerne aos canais mais pequenos e menos movimentados, a interdição incidirá sobre certas horas do dia, nomeadamente no período de maior tráfego.

cropped-W_MINIATURA.pngEstão numa gôndola em Veneza… mas preferem estar agarrados ao telemóvel (vídeo)

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: geral@w360.pt