Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Cargospotter

Vídeo foi publicado no Youtube

publicidade

Um vídeo publicado recentemente no Youtube pelo spotter CargoSpotter mostra um Airbus A380 a aterrar no aeroporto de Düsseldorf, na Alemanha sob condições meteorológicas muito adversas.

O aparelho da Emirates surge por entre o nevoeiro intenso deixando um rasto de neve quando pisa a pista do aeroporto alemão. Uma imagem poucas vezes vista naquelas latitudes de acordo com o autor do vídeo.

“É sempre incrível ver os pilotos pousarem os seus aviões mesmo quando a visibilidade é muito má. No início eu nem estava a ver o A380, só sabia que ele deveria estar próximo porque eu estava a ver a rota no Flight Radar 24. Por sorte as luzes apareceram e gravei a aterragem sem sem visibilidade perfeita.”, pode ler-se na legenda que acompanha o vídeo no Youtube.

“Geralmente não temos neve em Düsseldorf e foi uma ótima oportunidade para filmar aviões em condições de neve extrema.”, concluiu.

Pode ver o vídeo aqui:

publicidade

Um outro vídeo, publicado pelo Youtuber Samuel goes somewheremostra um outro A380 da Emirates a aterrar debaixo de uma grande nevada no aeroporto de Zurique, na Suíça.

publicidade

Neste outro vídeo é possível ver um Boeing 777 da Qatar Airways a ser preparado em pista para conseguir descolar.

publicidade

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Jonathan Besler

Timelapse condensa em apenas dois minutos quase dois meses de trabalho intenso.

publicidade

Divulgado recentemente pelo The Telegraph, um vídeo produzido pela Emirates mostra a transformação total de um dos seus A380.

Conhecida como 3C-Check, esta é uma revisão obrigatória que desmonta todo o avião deixando apenas um gigantesco monte de chapa.

Todos os quatro motores são retirados e transformados em milhares de pequenas peças para que cada uma possa ser analisada pela equipa de engenharia responsável pelo processo.

Mas não são só os motores que sofrem uma revisão intensa. Também todos os componente eletrónicos existentes no cockpit são retirados e analisados, assim como todos os sistemas elétricos presentes na cabine.

Este é o primeiro A380 da Emirates a sofrer uma revisão deste género, que acontece depois de ter percorrido mais de 12 milhões de milhas – o equivalente a cerca de 60 viagens à lua -, ter feito cerca de 3.000 aterragens e descolagens e ter transportado 1,2 milhões de passageiros desde que a companhia o começou a operar em 2008.

Aproveitando esta revisão profunda a Emirates aproveitou para reformular totalmente o interior da cabine, substituindo todas as poltronas de todas as classes, colocando uma alcatifa nova e até substituindo o bar da classe executiva.

Para fazer uma revisão desta envergadura a companhia do Médio Oriente precisou de manter parado este gigante dos ares durante 55 dias, tendo os engenheiros trabalho 24 horas por dia para fazerem a revisão de mais de 1600 peças.

publicidade

“Toda a revisão é meticulosamente planeada, sem espaço para atrasos. Manter uma aeronave em terra por muito tempo é uma despesa tremenda, o que significa que as nossas equipas de engenharia não só devam trabalhar de forma extremamente eficiente, garantindo um alto padrão de segurança”, disse Colin Disspain, vice-presidente de engenharia de base da Emirates ao The Telegraph.

Toda a operação que durou quase dois meses foi condensada num vídeo de apenas dois minutos que pode ser visto aqui:

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Polícia do Dubai

53 polícias do Dubai estabeleceram um novo record ao conseguirem puxar um A380

publicidade

53 polícias do Dubai estabeleceram na passada semana um novo record do mundo ao conseguirem mover um gigantesco Airbus A380 da Emirates por mais de 100 metros. O maior avião de passageiros do mundo pesa mais de 300 toneladas.

De acordo com alguns órgãos de comunicação social a ideia de quebrar este record foi do próprio Príncipe Herdeiro do Dubai que quer dar do Emirado uma ideia de local onde o desporto é levado a sério.

O anterior record desta área estava fixado em 100 pessoas a puxarem um avião de 218 toneladas e foi batido em Hong Kong.

publicidade

Veja o vídeo:

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Pilots Eye Tv

Um vídeo divulgado pela Pilots Eye Tv mostra os preparativos e a descolagem de um A380 a partir do cockpit

publicidade

Um vídeo divulgado pela Pilots Eye Tv mostra todos os preparativos das equipas de bordo para a descolagem do maior avião de transporte de passageiros do mundo. O vídeo mostra ainda todas as conversações entre a torre de controlo e os pilotos, no cockpit de um A380 da Lufthansa.

publicidade

Veja o vídeo:

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

texto foto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

Emirates usa técnica para lavar os aviões que poupa milhões de litros de água por ano

publicidade

Recentemente a Emirates publicou um vídeo no Youtube onde mostra como lava os aviões da sua frota gastando “pouca ou nenhuma água”.

A técnica utilizada pela companhia do Médio Oriente é uma “lavagem a seco de aeronaves” que permite poupanças na ordem dos 11 milhões de litros de água por ano.

A Emirates tem mais de 250 aviões e é a companhia que tem mais Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo que, por sua vez, também é o avião que mais água gasta na hora da lavagem: 11,3 mil litros de água.

publicidade

Esta técnica, além de permitir a redução de consumos muito consideráveis de água, ainda permite fazer uma limpeza mais exaustiva dos aviões, diminuindo de cinco para três vezes ao ano a frequência das lavagens.

Mas há mais vantagens. Enquanto os aviões estão neste processo de “limpeza a seco” as equipas de manutenção e engenharia podem fazer reparações ou inspeções aos aparelhos, uma vez que não correm o risco de os instrumentos entrarem em contacto com a água.

Veja o vídeo da lavagem, divulgado pela Emirates, aqui:

publicidade

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

Diogo Pereiratexto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Wikimedia Images

A380 foi fotografado na fábrica da Airbus com alterações que vão permitir a redução do consumo de combustível

A especulação em torno das alterações que o Airbus A380 deveria sofrer chegou a adiantar que o aparelho pudesse vir a ficar maior, mas tal não se verificou. A única alteração que a empresa europeia deve apresentar no maior avião de passageiros do mundo é a aplicação de winglets nas asas.

A Airbus ainda não oficializou as alterações que devem ser apresentadas no dia 19 de junho, na maior feira de aviação do mundo, em Paris. Mas esconder um aparelho com as dimensões deste superjumbo nem sempre é fácil e a aeronave foi fotografada na fábrica da empresa europeia com as novas aplicações nas pontas das asas.

Em junho o presidente da Airbus Commercial, Fabrice Brégier já havia adiantado que a empresa estava a estudar uma alteração nas asas deste gigante dos céus. Na altura o responsável adiantava que a alteração tinha como objetivo diminuir o consumo de combustível em 4%.

Esta novidade surge numa altura em que a Airbus tem estado a reduzir a produção deste avião com um rácio de produção de um por mês.

 

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt