A Partir de Portugal

Diogo Pereiravídeo Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

 Cambridge, Inglaterra



 

Cambridge tem uma das mais reputadas universidades do mundo. Darwin, Newton e, mais recentemente, Hawking são os rostos mais conhecidos que ajudam a ilustrar uma pequena mas lindíssima cidade tipicamente britânica.

  O W360.PT esteve em Cambridge e passeou pela cidade num meio de transporte privilegiado:

cropped-W_MINIATURA.pngDe bicicleta por Cambridge


Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Viagens

texto e fotos Catherine Carvalho
geral@w360.pt
  

Windsor, Inglaterra

Quando é possível tento sempre visitar um local mais distante do centro turístico de cada cidade. Desta vez, em Londres, decidi ir até Windsor, uma pequena cidade do condado Berkshire que fica a cerca de 1h15 do centro de Londres. De comboio, fica a 12£ ida e volta e a estação de comboios em Windsor fica a 5 minutos do centro histórico.

Windsor chamou-me atenção pelos espaços verdejantes e o seu bonito castelo. Nas minhas viagens procuro muito os espaços verdes e Windsor não desiludiu. Uma pequena cidade bastante acolhedora e com características muito próprias relativamente aos edifícios, como poderão ver nas fotografias. Para visitar o castelo a entrada custa 20£, optei por não entrar e explorar mais o centro e ir à procura daquilo que me fascinou quando vi na internet: a Long Walk. Uma vez que não visitei o interior do castelo, para a Long Walk tem de se caminhar uns 5/10 minutos. A Long Walk também faz parte do castelo mas felizmente não todo. A Long Walk são cerca de 20 km e não fiz tudo não. Mas para quem gosta de parques é sem dúvida de tirar o fôlego e transmite uma serenidade brutal. Num dos lados há habitação com vista para a Long Walk. Não me importava de viver lá.

Depois fui até à beira rio, River Thames, onde seria possível, por exemplo, fazer um passeio de barco e de seguida no Alexandra Gardens para descansar um pouco.

Aconselho a visitar Windsor num dia.

Windsor Castle

Long Walk

River Thames

Alexandra Gardens

Centro de Windsor

Windsor
Berkshire, Inglaterra
 Inglês
26.885 hab. (2011)
Libra Esterlina (GBP)
GMT+0
Americana, 3 pinos
+44
112 ou 999
Nos meses de inverno a cidade é pode ser bastante fria, sendo os meses de janeiro e fevereiro os mais frios. Nesta época a ocorrência de neve também é frequente. Embora seja mais frequente nos meses de inverno, a chuva é uma constante em todo o ano e é raro conseguir ver o sol. Os meses de junho a agosto são os mais quentes, ainda que as temperaturas raramente ultrapassem os 30ºC. Esta será a melhor época para visitar a cidade. 
Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção à autora: geral@w360.pt
Viagens

claudia-paivatexto e fotos Cláudia Paiva
claudiapaiva@w360.pt

Cambridge, Inglaterra

Cambridge é um local perfeito para estudar em Inglaterra, a 80 km ao norte de Londres. Além das faculdades da University of Cambridge, as atrações incluem museus, passeios de barco, pubs e paisagens encantadoras. O tamanho da cidade é ideal para andar a pé ou de bicicleta.

Cambridge

A universidade de Cambridge foi fundada em 1209 e é frequentemente eleita como uma das melhores do mundo, sendo o King´s College uma das faculdades mais prestigiadas.

Cambridge

Ao longo do percurso pelo Trinity College iremos encontrar uma árvore muito especial. Foi dela que caiu uma das mais famosas maças do mundo: a maça que atingiu a cabeça de Isaac Newton e que o inspirou para a Lei da Gravidade Universal.

Macieira de Newton
Macieira de Newton

Está localizada à entrada do Trinity College, em Cambridge, onde Newton estudou. No Jardim Botânico da cidade existe ainda uma outra macieira, descendente desta, que foi semeada em homenagem ao físico.

Ponte Matemática
Ponte Matemática
Punts de Cambridge
Punts de Cambridge

O rio Cam e os seus famosos Punts (barcos de madeira) guiados pelas próprias pessoas, enchem o rio e é possível, num dos seus percursos, passar pela ponte matemática, fundada em 1448 em homenagem à esposa do Rei Henrique IV. Esta ponte de Madeira foi originalmente construída por Newton, sem utilizar pregos. Alguns anos mais tarde tentaram descobrir o segredo, mas o grupo de engenheiros não teve sucesso.

Corpus Clock
Corpus Clock

Na cidade a opulência do Corpus Clock faz-nos parar e contemplar em silêncio a escultura relativamente recente que está num edifício central de Cambridge. Trata-se de um relógio colossal feito em ouro, sem números e apenas com fendas individuais, no mostrador do relógio, que se iluminam com luz azul.

Mesmo em cima do relógio está a inscrição “Besta Chronophege” que nos diz que a cada minuto que passa estamos mais próximos da morte. Esta escultura tem 24 quilates de ouro, banhada a aço inoxidável e custou cerca de 1 milhão de libras!

Para fazer compras e aliar a um momento de leitura, o ideal é o “Grand Arcade”. Vai poder fazer compras e ir ao Central Library Cambridge onde pode encontrar revistas, jornais e livros para adultos e crianças. Tem ainda uma secção de áudio, internet e café.

Central Library Cambridge
Central Library Cambridge

No Market Square, que decorre de segunda á sábado, é possível usufruir da arte do artesanato e das pequenas coisas típicas.

Market Square
Market Square

Algo imperdível em Cambridge para a maioria dos homens e um bom número de mulheres é a visita aos campos do Parker’s Piece. Foi lá, no ano de 1848, que a primeira partida de futebol aconteceu seguindo as regras “modernas”, utilizadas pela modalidade até hoje. O primeiro conjunto de regras do futebol e a criação da federação de futebol mais antiga da história, a Football Association, também aconteceram em Cambridge, tudo pensado por estudantes da universidade.

O museu Fitzmuseum contém uma das maiores coleções de arte do Reino Unido, fundado por Richard VII, Visconde Fitzwilliam de Merrion que, em 1816, doou para a Universidade de Cambridge as suas obras de arte e a sua coleção privada de livros.

Cambridge
 Inglaterra
 Inglês
122.700 hab. (2011)
 Libra (GBP)
 UTC+00
Americans, 3 pinos
+44
112
O clima é temperado, no entanto bastante chuvoso, especialmente nos meses de verão. As temperaturas máximas raramente excedem os 30ºc no verão e no inverno há, com frequência, temperaturas negativas.
Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção à autora: claudiapaiva@w360.pt