Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Suneil

Mais do que estrelas, para os hoteleiros cada vez conta mais o número de referências no Instagram

publicidade

Mais do que o número de estrelas, a localização, o spa, a piscina interior ou a qualidade dos restaurantes, aquilo que mais parece interessar neste momento às maiores cadeias hoteleiras do mundo é a popularidade nas redes sociais.

Sendo o Instagram uma popular rede social e em grande ascensão e dando a possibilidade aos utilizadores de mostrarem os locais por onde passam através de fotografias, os hoteleiros parecem estar cada vez mais preocupados com os flashs certeiros dos hóspedes.

Tendo em conta que muitos de nós gostam de mostrar os locais por onde passam e, acima de tudo os locais mais marcantes, o Instagram fez uma lista dos hotéis mais georeferenciados na sua rede.

A lista que engloba onze propriedades tem uma cidade que é claramente vencedora, Las Vegas que conta com sete hotéis neste top.

Marina Bay Sands Singapore — Singapura

publicidade

Bellagio Las Vegas — Las Vegas, EUA

 The Venetian Las Vegas — Las Vegas, EUA

 Atlantis The Palm, Dubai — Dubai, EAU

publicidade

 MGM Grand Las Vegas — Las Vegas, EUA

 The Cosmopolitan of Las Vegas — Las Vegas, EUA

 Wynn Las Vegas — Las Vegas, EUA

publicidade

 Caesars Palace Hotel & Casino — Las Vegas, EUA

 Fontainebleau Miami Beach — Miami Beach, EUA

 Paris Las Vegas Hotel & Casino — Las Vegas, EUA

publicidade

 Ushuaïa Ibiza Beach Hotel — Ibiza, Espanha

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

fotos Cláudia Paiva

O Instagram identificou as hashtags mais usadas por viajantes e revelou-as

publicidade

Um estudo publicado recentemente concluiu que muitas pessoas que viajam, fazem-no apenas para ter likes nas suas publicações de Instagram. Embora possamos encaixar ou não neste grupo de pessoas, o certo é que todos deliramos quando conseguimos chegar a determinados números de likes nas nossas publicações de Instagram.

E como conseguir ampliar estas reações? Em primeiro lugar aplique-se para conseguir tirar uma boa foto, em segundo lugar use as hastags certas.

E quais são as hastags certas? Veja a lista que o Instagram publicou com o top 10 das mais usadas pelos utilizadores:

#travel

publicidade

#nature

#sunset

#trip

publicidade

#wanderlust

#travelgram

#vacation

publicidade

#instatravel

#adventure

#travelphotography

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Gelo the Bear

Há uma nova tendência no Instagram. Fotografar brinquedos “a viajar”.

publicidade

As redes sociais estão cheias de tendências mais ou menos percetíveis pela maioria dos utilizadores. E se é verdade que muitas delas são apenas descabidas, esta parece ter alguma graça, servindo até para desconstruir uma “dura” realidade: nós, humanos, perdemos demasiado tempo nas redes a tirar fotografias em lugares mais ou menos conhecidos, que depois devem render alguns likes nas redes.

Fotografar brinquedos em lugares onde habitualmente as pessoas se fotografam para posteriormente publicarem as fotos nas redes sociais. Esta é a nova moda no Instagram que está a fazer furor.

Gelo The Bear é o primeiro exemplo. Trata-se de um urso de peluche que já viajou para destinos como Dubai, Vietname ou Buenos Aires.

publicidade

E este cato que já esteve em cidades como Paris, Los Angeles ou São Francisco, tem ar de turista?

publicidade

E porque viajar sozinho pode ser muito aborrecido, estes dois macacos gostam de faze-lo juntos. E não escolhem apenas destinos onde possam encontrar boas bananas.

publicidade

E lembra-se de quando recentemente nos surpreendemos quando vimos um grupo de javalis a invadir uma praia portuguesa? E se fôr um porco viajante? Não ficaremos também de queixo caído?

publicidade

Para terminar fique com um macaco feito de peúgas que já esteve em Hong Kong, Nova Iorque, Ilhas Marianas e muito mais.

publicidade

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Dicas

claudia-paivatexto Cláudia Paiva
claudiapaiva@w360.pt

Enquanto não consegue ser viajante profissional, inspire-se nestes 10 exemplos

publicidade

Todos os que fazemos parte do grupo de viciados em viagens acabamos por olhar para quem faz delas vida profissional com um certo desdém. Por isso, roa-se de inveja com esta lista de 10 blogueres que tem de seguir no seu Instagram e inspire-se com as suas fotos e histórias para a sua próxima viagem.

 João Cajuda

 Menina Mundo

 Filipe Mourato Gomes

publicidade

 O meu escritório é lá fora

 Viaje Comigo

 Viajar entre viagens

publicidade

 Contramapa

 Travel Holic Nomad

 Fui dar Uma Volta

publicidade

 Cruza Mundos

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção à autora: claudiapaiva@w360.pt
Notícias

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Cláudia Paiva

As redes sociais parecem influenciar e muito as nossas escolhas de viagem

publicidade

Um estudo desenvolvido por investigadores da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, conclui que muitas pessoas que viajam o fazem por conta dos likes que as fotografias que partilham nas redes sociais lhes rendem.

O mesmo estudo, citado pela revista Travel and Leisure, revela ainda que muitos viajantes escolhem determinados destinos em detrimento de outros por serem mais populares nas redes.

Para chegarem a estas conclusões os investigadores perguntaram a 758 participantes quais as motivações que os levariam a visitar Cuba (este foi o país escolhido porque devido às restrições diplomáticas Cuba foi um país que esteve interdito aos americanos, causando atualmente muita curiosidade).

publicidade

O inquérito começou por incidir na data em que os participantes mais desejavam visitar o país. Se no próximo ano, nos próximos cinco anos ou nos próximo dez anos. A segunda pergunta centrava-se nas motivações dos participantes para visitarem Cuba.

As respostas foram bastante claras: as pessoas que querem visitar o país no próximo ano, querem faze-lo pela garantia de likes que as publicações de fotografias e vídeos que fizerem nas redes sociais vão ter. Os que mostraram vontade de visitar o país apenas daqui a cinco ou dez anos, mostraram um maior interesse pelo país em concreto.

“O viajante está profundamente consciente do valor social das suas viagens e de que nem todas as experiências de viagem são avaliadas igualmente”, escrevem os investigados no estudo citado pela mesma fonte.

O estudo conclui ainda que os destinos que mais surgem nos nossos feeds das redes sociais, são aqueles que mais nos motivam a visita-los.

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Dicas

Diogo Pereiratexto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Pixabay

Pode entrar nos bastidores da aviação seguindo estes seis pilotos


O mundo da aviação é fascinante e enquanto passageiros nem sempre temos a noção de tudo o que acontece para lá da porta do cockpit ou nos hangares de manutenção. Felizmente as redes sociais (que também têm coisas boas) colocam-nos em contacto direto com profissionais das mais diversas áreas… e os pilotos da aviação comercial não são exceção, por isso prepare o follow no Instagram e no Twitter e siga de perto estes seis pilotos britânicos que muito generosamente partilham detalhes deliciosos da sua profissão com o mundo.

@flying_foxoir


@ashthepilot_


@the787dreamlife


@davewallsworth


@cl10uds


@ladyspeedbird


Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt