Plaza Mayor de Madrid recebe escultura flutuante para comemorar 400 anos

A obra foi concebida pela artista americana Janet Echelman

PUB

A Plaza Mayor de Madrid está a comemorar 400 anos e para celebrar uma data tão simbólica foi ali instalada uma escultura luminosa que paira sob as cabeças dos madrilenos e dos milhares de turistas que frequentemente visitam a cidade.

Esta obra de 44 metros de largura, 35 de comprimento e instalada a mais de 20 metros de altura foi concebida pela artista norte-americana Janet Echelman e é o culminar de vários meses de festejos que começaram na primavera de 2017 e contaram com com inúmeras instalações de arte urbana naquela que é uma das mais carismáticas praças da capital espanhola.

Feita com fibra esta obra é, de acordo com o El País, “uma obra de artesanato e de engenharia” uma vez que os milhares de fios luminosos foram “entrelaçados à mão e unidos entre si” criando um efeito de flutuação no ar e de leveza. A peça é complementada por focos de luzes que espalhados pela praça.

Uma publicação partilhada por Carlos Esteban Rubio (@v_d_rds) a

PUB

Janet Echelman tem uma relação especial com a capital espanhola, uma vez que foi ali que realizou a primeira escultura integrada com a arquitetura, em 2001.

“A ideia central da minha obra está relacionada com a interconectividade. A estrutura da rede está criada para que quando um nó se mover com o vento, todos os outros nós se movam também. É uma peça que trata sobre as relações e a interdependência, as conexões com outros seres humanos, mas também com o meio ambiente.”, esclarece a artista ao El País.

A escultura insere-se na série da artista Earth Time Series que começou em 2010 e tem por objetivo refletir sobre o tempo a grande escala. Pode ser vista na Plaza Mayor de Madrid até 19 de fevereiro.