O meu melhor amigo é o Google Maps! 

A quebra de acesso às redes sociais durante pouco mais de duas horas fez o mundo tremer. A Sara Reis imaginou o que seria viver sem o Google Maps.

mãos a segurar uma folha com o símbolo do google maps
PUB

Família, Amigos, Colegas e desconhecidos o whatsApp/Facebook/Instagram deixou de funcionar, a HBO Portugal teve uns problemas técnicos no lançamento do primeiro episódio da Guerra dos Tronos, foi uma festa de problemas tecnológicos e que afetaram (e bem) a rotina diária de cada um de nós.

Recentemente, estive a viajar pela China e tenho-vos a dizer que foi o pânico!

Quais festivais de cães assados, eu muito sinceramente nem queria saber das redes sociais, só queria que o Google funcionasse, sou tecnologicamente dependente, confesso.

Vivo à 5 anos em Lisboa, quase que uso o Maps para ir ali abaixo ao Pingo Doce, agora imaginem isso na China… Vocês podem dizer que é fácil, arranja-se um mapa ali no hostel e é fácil!

Perdi-me no metro, dei-me ao trabalho de esticar um mega mapa na rua para me situar (não deu grande jeito, mas foi uma boa tentativa!), também me perdi a caminho do hostel, pedi ajuda a um senhor chinês que residia ali e acabamos os dois por ir falar com a Policia para nos dizerem onde era o hostel.

PUB

Claro que tinha sido bem fixe estar a instagramar aquilo tudo, mas naquele exato momento só queria que o “Deus Google” desce-se sobre o meu telemóvel (é um Oppo, é uma marca chinesa e tudo, deveria haver sintonia imediata!) e tcharan, acabava-se com o desespero de uma portuguesa pequenina que estava toda entusiasmada para ir conhecer a cultura dos chineses (desculpem, mas as lojas dos chineses sabem a pouco, ali sim é tudo em bem maior escala e muito mas muito mais giro!).

Houve coisas boas com esta viagem? Então não, conheci umas raparigas estrangeiras no hostel, que tinham uma série de aplicações, que me convidaram para ir jantar com elas dumplings e dei por mim, a beber cerveja numa festa techno chinesa!

Melhor desfecho, não poderia ter tido, até porque só a falar é que “a gente se entende”.

No entanto, também vos tenho a dizer uma coisa é que com aquele drama todo, aprendi que o meu melhor é o Google Maps e que da próxima vez, instalo o VPN e o maps.me, assim não há chatices!

Por isso, quando se queixarem da tristeza que é as redes sociais não estarem a funcionar, pensem e se o Google deixasse de funcionar?