NewsletterO rosto da guerra

O rosto da guerra

PUB

Diogo Pereirapor Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

nº 014

Bom dia, seja bem-vindo à Newsletter semanal do W360.PT.A Turquia continua a ser um dos focos da imprensa internacional, durante esta semana continuaram as detenções aos alegados envolvidos no golpe falhado contra o presidente Erdogan e como as prisões estão a ficar lotadas, o ministério da defesa encontrou uma solução polémica: saem presos comuns, para entrarem os suspeitos de estarem envolvidos no golpe de estado.

O congresso do MPLA foi um dos temas quentes da semana, não só porque se trata do partido que sempre esteve no poder em Angola, mas porque acontece depois de o presidente José Eduardo dos Santos anunciar a sua saída da política ativa para 2018. Eduardo dos Santos pediu aos angolanos para olharem para os erros que cometeram e cometem, mas também reiterou que “só não erra quem não trabalha”.

O nó em Espanha parece estar desatado. Parece, mas ainda não é seguro que esteja. O Ciudadanos fez meia dúzia de exigências ao PP, que as aceitou sem alterar uma vírgula. Rajoy já pediu a data de investidura, que foi marcada para o final deste mês. Haverá duas hipoteses para Rajoy ser nomeado primeiro ministro. Numa primeira votação precisa de uma maioria absoluta de deputados para chegar ao lugar, numa segunda votação já só precisa de uma maioria simples. Se ambas as votações voltarem a falhar, Espanha pode contar com novas eleições – as terceiras! – lá para o Natal.

O terrorismo associado ao islamismo continua a ser o prato do dia na Europa. Depois de várias regiões de França terem proibido o ‘burkini’ (fato de banho que cobre quase totalmente o corpo da mulher, deixando a descoberto apenas o rosto, mãos e pés), o primeiro-ministro Manuel Valls já veio dar o seu apoio à medida. Na Alemanha, o ministro do interior Thomas de Maizière disse que era contra o uso da burca e quer levantar o debate para uma possível proibição o véu islâmico no país.

FRASES

“Só devíamos admitir neste país os que partilham os nossos valores e respeito pelas pessoas. Durante a Guerra Fria, tínhamos um teste ideológico. É tempo de desenvolver um novo teste para as ameaças que enfrentamos atualmente. Eu chamo-lhe seleção extrema”

Donald Trump durante um comício em Youngstown, no Ohio, defendendo regras mais apertadas para a seleção de estrangeiros que podem entrar nos EUA.

PUB

“A Turquia, tal como outras nações, esforçou-se muito para garantir as condições necessárias à integração na União Europeia, mas em troca tem recebido apenas ameaças, insultos e um bloqueio completo”

Mevlut Cavusoglu, ministro truco dos negócios estrangeiros numa entrevista ao jornal alemão Bild.

“Já é tempo”

Ban Ki-moon, secretário-geral das Nações Unidas, citado pelo britânico The Guardian, a defender a eleição de uma mulher para o cargo que ele neste momento ocupa.

“As praias, como todos os espaços públicos, devem ser preservadas das reivindicações religiosas. O ‘burkini’ não é uma nova linha de fatos de banho, uma moda. É a tradução de um projeto político, de contra-sociedade, fundado nomeadamente na subserviência da mulher”

Manuel Valls, primeiro ministro francês, declarando o apoio à proibição do “burkini”.

“Devemos olhar para trás e analisar o que fizemos com o necessário sentido de crítica e autocrítica, para constatarmos o que não foi bem feito. Os erros deverão ficar no passado e servir de critério para corrigirmos o presente e projetarmos o futuro. Só não erra quem não trabalha, mas o MPLA trabalha e faz, e o povo sabe. E está sempre empenhado em fazer mais e melhor”

José Eduardo dos Santos, presidente de Angola no discurso de abertura do Congresso do MPLA que o reelegeu presidente do partido.

“Estou disposto a apresentar-me à sessão de investidura quando a presidente do Congresso achar pertinente”

Mariano Rajoy, mostrando-se disponível para a sessão de investidura depois de aceitar as condições que o Partido Ciudadanos lhe havia imposto para o apoiar.

“Sim, encontrar-me-ia com ele [Trump]. Nunca o conheci. Não posso concordar com algumas coisas que ele já disse, mas serei absolutamente respeitador e procurarei trabalhar com quem for o próximo presidente dos Estados Unidos da América”

Enrique Peña Nieto, Presidente do México, numa entrevista em que admite querer encontrar-se com Donald Trump que critica sistematicamente o povo mexicano e já prometeu construir um muro a dividir os dois países.

“Vocês viram o que se passou na Turquia? Erdogan vai parecer um menino ao pé do que vai fazer a revolução bolivariana se a direita passa a fronteira do golpismo”

Nicolas Maduro, numa reação irada à possibilidade de haver um golpe de estado na Venezuela

 ROSTO

menino sirio

Omran Daqneesh é o novo rosto da guerra na Síria. Depois da imagem de Alan Kurdi, morto numa praia turca, a imagem de um menino ferido depois de um ataque na cidade de Alepo mostra um rosto de milhares que todos os dias morrem numa guerra sem fim.

subscrever_NL-VERSHORT

NÚMEROS

15

Terá sido o maior número de presos a serem transferidos para fora da prisão de Guantanamo nos últimos anos. Em comunicado o Pentágono informa que estes reclusos foram enviados para os Emirados Árabes Unidos, mas não revelou a sua identidade. Continuam 61 pessoas presas na cadeia criada por Bush e que Obama quer encerrar.

11.000

A cada ano este é o número de novas violações na região de Rustenburg, uma área de extração de platina na África do Sul. Os dados são avançados pelos Médicos Sem Fronteiras, que os consideram “chocantes, mas não incomuns”.

IMPERDÍVEIS

Esta semana mostro-lhe as cidades vazias da China “à espera do futuro”, o relatório da Amnistia Internacional sobre uma das mais violentas prisões sírias e ainda uma reportagem do português Observador sobre os Jogos Olímpicos que os nazis organizaram.

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt
Artigos Sugeridos

Sou licenciado em Jornalismo e estou a fazer o mestrado em Relações Internacionais. Quero aprender como gira o globo. Como se fazem e desfazem alianças. Como é que os líderes aprendem com a história. diogopereira@w360.pt