Aigle Azur cancela todos os voos e não garante reembolsos aos clientes

A companhia francesa Aigle Azur acaba de anunciar que não tem condições financeiras para garantir a realização dos voos previstos a partir deste sábado.

Avião da Aigle Azur a pousar no aeroporto. Foto de Laurent Errera
PUB

A companhia francesa Aigle Azur acaba de anunciar que a partir deste sábado todos os voos previstos vão ser cancelados. A “situação financeira e as consequentes dificuldades operacionais não permitem continuar a assegurar voos”, explica a companhia num comunicado publicado no site oficial.

Em Portugal a Aigle Azur voa para os aeroportos de Faro, Funchal e Porto. Todas as viagens marcadas para depois deste sábado não vão ser efetuadas e a companhia também não garante que possa restituir o dinheiro aos passageiros.

França será o país mais afetado pelo desaparecimento imediato da companhia, sendo que o governo já está a estudar opções para garantir que todos os passageiros que vão ficar sem voos de regresso a França possam chegar o mais rapidamente possível.

Na imprensa já se fala da possibilidade de outras empresas comprarem alguns dos ativos da companhia falida, nomeadamente a Air France, Air Caraibes ou a Vueling. As posições de aterragem e descolagem no aeroporto de Orly, um dos principais de Paris, são um dos principais ativos desta companhia, a par da frota de aeronaves.

O maior acionista da Aigle Azur é a HNA, que também foi detentora de uma participação na TAP.

PUB