Aterragem de emergência não evitou morte de passageiro da Emirates

Um Boeing 777 da Emirates teve que ser desviado da rota para poder responder a uma emergência médica a bordo. Mesmo assim o passageiro acabou por morrer.

Avião Boeing 777300 ER da Emirates em voo. Foto de Emirates
PUB

O voo EK359 da Emirates que nesta sexta, 1 de fevereiro, fazia a ligação entre Jacarta e o Dubai teve que ser desviado para o aeroporto indiano da cidade de Querala depois de um homem se ter sentido mal, conta o Khaleej Times.

Já com o Boeing 777 em solo o indonésio de 59 anos foi transportado para o hospital onde acabaria por sucumbir a um alegado ataque cardíaco.

“A Emirates confirma que o voo EK359 que viajava de Jacarta para o Dubai no dia 1 de fevereiro teve que ser desviado para o aeroporto de Cochin [Querala] devido a uma emergência média”, cita a mesma fonte.

A companhia aérea do Dubai refere ainda que o voo acabaria por se atrasar aproximadamente uma hora, pedindo desculpas aos passageiros por qualquer “inconveniente”.

Ao que tudo indica as autoridades indianas terão aberto um inquérito, não se sabendo para já quais serão as conclusões.

PUB