Autocarros turísticos proibidos no centro de Roma

Para combater problemas de poluição sonora e poluição do ar, a Câmara de Roma proibiu a circulação de autocarros turísticos no centro da cidade.

autocarro turistico em roma foto de divulgação
PUB

Os autocarros turísticos que diariamente cruzam as ruas da cidade de Roma com o objetivo de mostrar às pessoas o melhor do património da capital italiana foram proibidos.

A presidente da Camara Municipal de Roma justifica a decisão com o objetivo de proteger a herança arqueológica e histórica, mas também para combater a poluição sonora e do ar”, citada pela Lonely Planet.

Contra a medida estão muitos operadores turísticos que antevêem sérios riscos para a sustentabilidade de muitos restaurantes e lojas junto às principais atrações da cidade. A Associação Europeia de Turismo reitera que esta medida vai “infligir um duro golpe” no setor do turismo da cidade do Coliseu.

Coliseu de Roma em Itália, uma das sete maravilhas do mundo foto de Diliff Wikipedia
O Coliseu é um das sete maravilhas do mundo e é uma das principais atrações de Roma. Foto de Diliff Wikipedia

“A partir de 1 de janeiro muitos de nós ficaremos desempregados”, disse o presidente da associação de turismo Assoviaggi Confesercenti Cinzia Renzi quando em dezembro participou numa manifestação organizada pelas empresas gestoras dos autocarros turísticos que paralisou a cidade de Roma. 

Para conter os impactos provocados por esta medida, a Camara Municipal de Roma contemplou exceções à lei, prevendo que autocarros previamente autorizados de transporte de crianças, pessoas com deficiência ou acesso a hotéis poderão entrar na cidade. Também foi garantido que serão construídos mais lugares de estacionamento nos limites do centro da cidade, para facilitar o acesso.

PUB