Avião de passageiros despenhou-se em Cuba

Aparelho será um Boeing 737

PUB

19 Maio, 2018 às 12:20

Um Boeing 737 com 105 passageiros a bordo despenhou-se pouco tempo depois de ter levantado voo do Aeroporto Internacional José Martí, em Havana, Cuba. A aeronave fazia uma ligação doméstica entre a capital da ilha e a cidade de Holguín. De acordo com órgãos de comunicação social locais terão chegado em estado crítico ao hospital quatro pessoas, tendo uma delas falecido entretanto. Há investigações a decorrer, no entanto ainda não foram apuradas quaisquer causas para o sucedido.

A aeronave de fabrico americano e toda a tripulação pertenciam à empresa mexicana Damojh, mas estava alugada à empresa aérea Cubana de Aviación.

Uma habitante de Boyeros, bairro nas imediações do aeroporto onde o aparelho caiu, disse à BBC que “primeiro ouviu-se um estrondo forte e logo se começou a ver o fumo e passado um bocado já estavam a passar os carros de bombeiros e as ambulâncias. As ruas aqui estão cortadas e ainda se vê uma coluna de fumo”.

Quem também já reagiu à catástrofe foi o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel. “Ocorreu um lamentável acidente de aviação. Segundo o pessoal da Cubana, tinham 104 passageiros com nove pessoas da tripulação. As notícias não são nada promissoras, parece que há um elevado número de vítimas”.

O presidente cubano confirmou ainda que foi criada uma comissão para investigar o acidente.

20:11

O jornal cubano Granma divulga imagens do local do acidente.

PUB

20:05

Pelo menos três pessoas sobreviveram ao acidente, estando hospitalizadas em estado crítico.

O avião iniciava um voo regional que tinha como destino a cidade cubana de Holguín.

19:07

O jornal britânico The Guardian mostra uma das primeiras imagens dos destroços.

19:01

O Boeing 737 caiu pouco tempo depois de descolar do Aeroporto Internacional José-Martí junto a uma estrada e a uma escola secundária no Bairro Boyeros.

O presidente cubano, Diaz-Canel já veio dizer que há um elevado número de vítimas.

18:47

Avião transportava 104 passageiros a bordo.

18:40

Havana estremece sob o som de ambulâncias e caminhões de bombeiros que vão para o aeroporto José Martí.”, escreve Yoani Sanchez, no Twitter partilhando uma primeira imagem do fumo negro visivel a partir do terminal de passageiros do Aeroporto de Havana.

18:30 

Um avião de passageiros da companhia aérea Cubana de Aviación, de Cuba, ter-se-à despenhado em Havana pouco tempo depois da descolagem, avançam vários órgão de comunicação social.