Bagagem de cabine vai deixar de ser gratuita na Ryanair

Companhia justifica a medida com atrasos causados nos voos

PUB

Transportar uma mala na cabine de um avião da Ryanair vai deixar de ser gratuito a partir de novembro, avança a Agência Reuters, citada pelo Público.

Até aqui a companhia irlandesa de baixo custo permitia que os passageiros transportassem uma mala pequena de peso não superior a dez quilos e uma “bolsa pessoal” nas bagageiras localizadas na parte superior da cabine ou por baixo dos assentos do avião. A partir de agora este serviço vai passar a custar entre seis e oito euros. O transporte da mesma mala no porão pode vir a custar entre oito e dez euros.

O transporte da “bolsa pessoal” vai continuar a ser permitido de forma gratuita.

A companhia justifica a alteração da política de bagagem com os atrasos causados nos voos motivados pelo excesso de malas transportadas pelos passageiros.

Malas de tamanho e peso superiores a dez quilos continuam a ter que ser obrigatoriamente despachadas para o porão no balcão de check-in.