Clarão azul faz pensar que Nova Iorque está a ser invadida por aliens

Ao verem um clarão azul nos céus de Nova Iorque, Estados Unidos, muitos foram os que pensaram que se tratava de uma invasão de aliens.

clarão azul sobre Nova Iorque faz pensar em invasão de aliens foto de Michael Friedl, New York Times
PUB

Um clarão azul iluminou, na madrugada do passado dia 28 de dezembro, o céu de Nova Iorque, Estados Unidos, gerando uma grande onda de especulação. Na Big Apple temeu-se uma visita de extraterrestres à Terra.

Nas redes sociais, quem presenciou o fenómeno receou uma invasão alienígena, mas a verdade é que a supramencionada luz intensa foi causada devido a uma explosão num transformador da central elétrica da utility que fornece energia a Nova Iorque, Con Edison.

A Con Edison referiu, via rede social Twitter, que houve um incêndio por causa de uma falha elétrica e disse que o assunto está agora a ser analisado. “Verificou-se um incêndio na subestação de Astoria, que atingiu alguns transformadores. Estamos a investigar a causa deste incidente”, explicou a companhia distribuidora de eletricidade.

A polícia da cidade que nunca dorme utilizou a sua conta no Twitter para explicar que tinha havido uma explosão na Con Edison e que não existiam indícios de que o incidente tenha estado relacionado com “atividade extraterrestre”. “O incidente em Astoria resultou de uma explosão de um transformador. Não há ferimentos, fogo, ou indícios de atividade extraterrestre”, informaram as autoridades nova-iorquinas.

A explosão provocou falhas de luz em várias ruas e perturbações no aeroporto de LaGuardia (Queens).

PUB

Recorde-se que este é o segundo incidente registado nesta central elétrica em seis meses. Em julho, uma explosão numa chaminé formou uma nuvem de amianto e retirou centenas de pessoas de casa e do trabalho durante várias horas em Manhattan.