A CNN selecionou 12 lugares que deve evitar visitar. Barcelona está na lista

As consequência nefastas que o excesso de turistas provocam em alguns locais são os principais motivos para a criação desta lista

PUB

Impaciência da população, motivos ambientes ou sobrelotação de turistas, são estes os principais motivos que levam a CNN a elaborar uma lista de destinos dos quais deve fugir quando estiver a planear as suas férias.

Para além de indicar os locais a cadeia de televisão norte-americana explica ainda um por um, os motivos que levaram à escolha. Eis a lista:

Ilha de Skye, Escócia Os turistas não são bem vindos nesta ilha conhecida pelos seus castelos medievais. As populações queixam-se do barulho e do facto de os turistas urinarem em todo o lado.

Barcelona Mais um lugar onde os turistas começam a afetar o dia-a-dia da cidade e há cada vez mais movimentos que os querem ver longe. A cidade está a ser invadida de grafitis anti-turismo e os preços das casas têm disparado por causa de serviços como o Airbnb.

Dubrovnik Depois de a UNESCO ameaçar retirar a distinção de património mundial à cidade croata, o departamento de turismo do país resolveu começar a limitar o número de turistas.

PUB

Veneza Um dos destinos turísticos mais cobiçados do mundo também está na lista da CNN, muito por causa das restrições impostas ao setor do turismo. A limitação na circulação dos canais é um dos principais fatores. Os 30 milhões de visitantes por ano também causam alguma preocupação.

Santorini A Camara Municipal da ilha está preocupada com a descaracterização deste destino famoso, provocada pelos turistas que ficam apenas algumas horas.

Butão Embora a visita tenha uma taxa turística associada, o número de turistas está a ser limitado como o objetivo de evitar um impacto ambiental nocivo para o país asiático.

Taj Mahal, Índia As mármores do monumento estão a ficar amarelas e já se fala em risco de colapso, por isso recentemente foram limitadas as visitas.

Monte Evereste, Nepal Recentemente foram incluídas limitações de acesso à montanha a invisuais, amputados ou alpinistas solitários.

Machu Pichu Atualmente o número de visitantes é o dobro do recomendado pela UNESCO e estão a ser tomadas medidas para esse número baixar.

Ilhas Galápagos, Equador Os turistas têm posto em causa a conservação do habitat de milhares de seres vivos que fazem da ilha um dos lugares mais fascinantes do mundo.

Cinque Terre, Itália Ao que parece os turistas quase não gastam dinheiro quando visitam a vila e é-lhes atribuído o aumento de deslizamentos de terra. Não vai ser bem recebido aqui.

Antártida Para além das consequências resultantes das alterações climáticas, a constantes visita de turistas está a pôr em causa a sustentabilidade do inóspito local.