Companhia aérea exige que tripulantes percam peso ou são despedidos

Para reduzir o consumo de combustível das aeronaves, a Pakistan International Airlines quer que os seus tripulantes emagreçam.

interior de avião comercial foto de pixabay
PUB

A Pakistan International Airlines (PIA) exigiu que os membros da tripulação de cabine com excesso de peso percam 14 quilos. Caso recusem fazê-lo, arriscam-se a perder o posto de trabalho.

A companhia paquistanesa lançou um memorando com o objetivo de “reduzir gradualmente o peso em excesso da tripulação de cabine”. 

“Se qualquer membro da tripulação estiver 14 quilos acima do peso, após 31 de janeiro de 2019, será encaminhado ao Centro Médico da Aeronave para avaliação médica e tratamento até que o peso seja reduzido ao padrão desejado”, refere a nota interna.

De acordo com os gráficos produzidos pela PIA, para uma mulher de 1,70 metros, por exemplo, o peso ideal é de 60 a 66 quilos.

Cerca de cinco por cento da tripulação precisa de perder peso até ao dia 1 de julho para evitar o despedimento, declarou Mashhood Tajwar, porta-voz da PIA, à CNN. Segundo o responsável, o memorando foi emitido para garantir que os comissários de bordo se mantenham “magros, inteligentes e em boa forma”.

PUB

Foto de Pixabay