NotíciasGrécia impede portugueses de entrarem no país na retoma do turismo
Acrópole Partenon Atenas Grécia 2 - Cláudia Paiva

Grécia impede portugueses de entrarem no país na retoma do turismo

PUB

Com vários países a começarem a abrir portas ao turismo, também são muitos os que estão a introduzir limitações ao número de estrangeiros, bem como às regras de saúde pública que devem ser cumpridas para evitar a propagação do vírus.

A Grécia é um dos países que já anunciou que vai reabrir as portas aos turistas estrangeiros no próximo dia 15 de junho, mas nem todos vão poder entrar.

O país publicou uma lista com as 29 nacionalidades que estão autorizadas a entrar, sendo que da lista não consta Portugal.

Para a seleção dos países autorizados, o governo grego explica que teve em conta a situação epidemiológica de cada país.

Na lista contam alguns dos países vizinhos da Grécia da região dos balcãs, os países bálticos e os países nórdicos (com exceção da Finlândia). China e Alemanha também estão na lista apesar de serem dos países mais afetados pela pandemia.

PUB

Albânia, Austrália, Áustria, Macedónia do Norte, Bulgária, Alemanha, Dinamarca, Suíça, Estónia, Japão, Israel, China, Croácia, Chipre, Letónia, Líbano, Nova Zelândia, Lituânia, Malta, Montenegro, Noruega, Coreia do Sul, Hungria, Roménia, Sérvia, Eslováquia, Eslovénia, República Checa e Finlândia, são os restantes países com autorização para enviarem turistas para a Grécia.

10 Lugares imperdíveis em Atenas

O Ministério do Turismo da Grécia ressalva que está é apenas uma lista inicial, que será alargada a 1 de julho. Neste momento, as autorizações de turismo são válidas apenas para Atenas e Tessalónica.

O governo português já veio dizer que vai pedir explicações ao país, através dos canais diplomáticos.

A Grécia é um dos países menos afetados pela pandemia, tendo tido melhores números que Portugal. Até agora, confirmou pouco mais de 2.900 casos de infetados pelo vírus da Covid-19 e 175 vítimas mortais.

Artigos Sugeridos