NotíciasFacebook cria guia de Lisboa com base nas sugestões de quem lá vive
Padrão dos Decobrimentos Belém lisboa

Facebook cria guia de Lisboa com base nas sugestões de quem lá vive

PUB

Lisboa é uma das cidades mais procuradas por turistas, muito por causa das suas características singulares que a distinguem das demais. Há quem venha à procura do fado, quem prefira a gastronomia ou simplesmente quem tenha como principal objetivo surpreender-se com um dos segredos mais bem guardados da Europa, pelo menos até há uns anos atrás.

Uma das melhores formas de descobrir os cantos e recantos da capital portuguesa é a inscrição em grupos de Facebook que divulgam eventos, novas aberturas ou simplesmente dicas de lazer sobre determinadas zonas.

Foi precisamente aos administradores destes grupos que o Facebook recorreu para criar um guia de Lisboa que passa a estar disponível online em versão portuguesa e inglesa.

“Este guia apresenta Lisboa vista pelos olhos das próprias comunidades de Facebook, que selecionaram como e onde percorrer a cidade, através de páginas e grupos dedicados a cada assunto específico”, pode ler-se no texto de apresentação deste que parece ser o primeiro guia turístico feito pela rede social.

“Estas são as histórias de pessoas reais, com paixão pelo bairro que vivem, pela arte, desporto, gastronomia, inovação, divididas entre o passado e presente, e sobretudo, em comunidade, apaixonadas por Lisboa”, continua.

PUB

As sugestões estão divididas por cinco sub categorias. “Bairros Antigos”, Gastronomia Típica”, “História Viva”, “Cultura de um Povo” e “Arte Pública” estão dentro da primeira grande categoria a que o Facebook decidiu chamar “Lisboa Tradicional”. Na “Lisboa Trndy” incluem-se os “Bairros Modernos”, “Gastronomia Cosmopolita”, “Cultura dos Nossos Tempos”, “Vida Saudável” e “Criatividade”.

Artigos Sugeridos

Sou licenciado em Jornalismo e estou a fazer o mestrado em Relações Internacionais. Quero aprender como gira o globo. Como se fazem e desfazem alianças. Como é que os líderes aprendem com a história. diogopereira@w360.pt