Há um restaurante em Veneza a vender bifes e peixe frito por €1.100

Refeições a preços milionários não são novidades numa das cidades mais visitadas do mundo

PUB

texto Diogo Pereira
diogopereira@w360.pt

foto Pedro Szekely / Flickr

Refeições a preços milionários não são novidade numa das cidades mais visitadas do mundo

publicidade

O restaurante “Osteria da Luca”, em Veneza (Itália), está no centro de uma polémica relacionada com os preços alegadamente exorbitantes praticados. De acordo com notícia do Venezia Today um grupo de japoneses terá chamado a polícia depois de lhes ter sido apresentada uma fatura de €1.100 por três bifes e um prato de peixe frito. De acordo com as alegadas vítimas a refeição foi acompanhada por água.

Quando a conta foi levada para a mesa e os turistas se aperceberam de que estariam a pagar um valor muito acima do que era suposto, contactaram a polícia e fizeram uma queixa formal do restaurante.

“Este é apenas o último de muitos casos deste tipo”, refere Marco Gasparinetti ao Venice Today, porta voz do grupo 25 de abril, uma organização italiana que zela pelos direitos civis.

A mesma fonte mostra-se ainda preocupada com o período festivo do Carnaval e mostra-se interessada em encontrar medidas que possam facilitar as queixas dos turistas que deparem com situações semelhantes. “O Carnaval vai começar em breve e o risco deste tipo de burla vai aumentar. Estamos a pensar colocar no nosso site um número de telemóvel para onde os turistas neste tipo de situação podem ligar a pedir ajuda”, explica Gasparinetti.

Numa análise à ficha do “Osteria da Luca” no Trip Advisor as avaliações feitas pelos turistas são na esmagadora maioria muito más, tendo o restaurante uma média de uma estrela e meia naquela plataforma.

Entre os comentários podem ler-se críticas à atuação dos funcionários, à fraca qualidade da comida e, claro, aos preços exorbitantes praticados.

“Restaurante com um cheiro a esgotos, na entrada do restaurante diz que não cobram pelo couvert no entanto cobram 15% de taxa de serviço.”, diz um cliente português que atribuiu apenas uma estrela ao restaurante.

“Após a minha refeição pedi a conta e o garçom me disse o valor sem me dar a nota descritiva, fiz um cálculo rápido e percebi que estava 45% acima do valor correto, não tinha como ser uma gorjeta.”, refere outro turista.

Num outro comentário pode ler-se: “entramos no restaurante com os nossos pratos escolhidos pelo menu da porta, comemos somente duas massas de 12,00 euros cada, sem bebidas, e nos foi cobrada uma conta de 31,70 euros.”

No TripAdvisor há muitas fotos partilhadas pelos clientes do restaurante onde é possível ver os pratos servidos e muitos dos talões emitidos com contas exorbitantes. Ali há spaghetti a custar €80, risotto a €166, peixe frito a €56 e taxas de serviço a €3,66 ou taxas de entrada no restaurante de €2,5.

publicidade

publicidade

Encontrou algum erro ou informação desatualizada? Sugira uma correção ao autor: diogopereira@w360.pt