Holanda pede aos turistas mais respeito pelas tulipas

Afetados por más práticas dos turistas, agricultores de tulipas levam o governo da Holanda a pedir mais respeito pelo património aos visitantes.

Crianças a brincar em campos de tulipas na Holanda durante a primavera. Foto de Pixabay
PUB

Quem planeia visitar Amesterdão, ou qualquer outra cidade holandesa, pensa quase sempre em conseguir conciliar os dias de férias com a possibilidade de ver um dos ex ilibris do país, os campos coloridos de tulipas. E são muitos os que escolhem precisamente estes dias para viajar.

Afetados por práticas menos respeitosas de alguns turistas, muitos produtores de tulipas afirmam que estão sofrer prejuízos porque muitos não respeitam a distância de segurança para com as flores, acabando por pisá-las, tornando-as impossíveis de vender.

“São todos bem-vindos aos campos de flores, mas entrar dentro dos campos está expressamente proibido”, disse um dos responsáveis do turismo da Holanda ao Lonely Planet.

Para além dos avisos que começaram a ser colocados em várias línguas junto às vedações dos campos de tulipas, estão ainda a ser organizadas visitas guiadas por mais de 40 embaixadores, todos eles voluntários, que têm como objetivo dar a conhecer a história dos campos de tulipas e sensibilizar para a importância de manter aquele património intacto.

“Não caminhem sobre as flores, apesar de ser muito tentador. Os campos de flores estão localizados em propriedade privada e caminhar sobre elas pode estragá-las ou transmitir doenças pelas várias plantações. Este tipo de comportamento traz várias consequências aos agricultores, já que o cultivo anual custa muito dinheiro”, conclui o responsável.

PUB