Homem entrou com pistola carregada num avião e ninguém reparou

O homem entrou acidentalmente no avião da Delta Airlines com a arma carregada. A falta de pessoal da TSA por causa do shut down pode justificar o incidente.

Delta Air lines
PUB

Um homem conseguiu passar pela segurança do aeroporto internacional de Atlanta, Estados Unidos, com uma arma carregada e embarcar num avião com destino a Tóquio sem que fosse detetado. O incidente aconteceu com um voo da Delta Airlines no passado dia 2 de janeiro e foi o próprio passageiro a alertar as autoridades para o sucedido, uma vez que ele próprio não sabia que tinha em sua posse a pistola.

De acordo com o The New York Times o caso surge na sequência de onze dias de paralisação dos serviços públicos dos Estados Unidos, motivada pelo braço de ferro entre o Presidente e o Senado Americano. Trump quer que sejam aprovadas verbas para a conclusão do muro existente na fronteira com o México, tendo a oposição da maioria dos senadores. Sem aprovação do orçamento, os serviços públicos vão continuar em shutdown.

Tóquio
O avião da Delta Airlines tinha com destino a cidade de Tóquio, no Japão

Do lado da Agência de Segurança Aérea Americana, a TSA, garante-se que o incidente em nada está relacionado com a paralisação dos serviços púbicos, embora a maioria dos seus funcionários não esteja a receber salário e muitos não têm comparecido.

“Não houve um problema de staff. A TSA vai responsabilizar quem deverá ser responsabilizado pelo incidente”, refere o porta-voz da instituição, Michael Bilello, num email enviado ao jornal nova-iorquino.

Sobre o caso em concreto sabe-se apenas que depois de, em voo, informar a tripulação de que estava acidentalmente na posse de uma arma de fogo carregada, o homem foi recebido em Tóquio pela polícia, estando a cooperar com a investigação.

PUB