Mau cheiro de passageiro leva avião da Transavia a aterrar de emergência em Faro

Vários passageiros envolveram-se em discussões a bordo

PUB

Um avião da Transavia com destino às Canárias teve que fazer uma aterragem de emergência no aeroporto de Faro depois de vários passageiros se terem sentido mal dispostos e de alguns deles terem vomitado, em virtude de um odor intenso e desagradável emanado de um outro passageiro.

De acordo com o Observador os assistentes de bordo ainda tentaram conter o homem na casa de banho, mas o cheiro manteve-se e a decisão tomada foi fazer uma aterragem não planeada no aeroporto português de Faro.

Já em terra o homem foi visto por médicos, não sendo conhecidas as causas de tal situação.

Em resposta oficial ao The New York Post a Transavia justificou a aterragem no aeroporto algarvio com “motivos médicos”, deixando claro que o passageiro “tinha um odor um pouco intenso”. Sabe-se ainda que várias discussões terão sido espoletadas no interior da aeronave, tornando-se inevitável que a aterragem ali acontecesse.

Foto de Eric Salard, Flickr