MoMA de Nova Iorque vai fechar para obras

Um dos museus mais visitados de Nova Iorque, o MoMA, vai fechar para obras durante quatro meses. Reabrirá no final de 2019.

Jardim interior do MOMA de Nova Iorque fotografado a parir de um piso superior através de uma janela num dia de sol. Foto de Velvet
PUB

O Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) “não dava importância suficiente a artistas femininas nem às minorias” e por isso vai mudar, refere ao The New York Times Leon Black, presidente da instituição.

As obras vão começar no próximo dia 15 de junho e prevê-se que até 21 de outubro não seja possível visitar um dos mais importantes museus dos Estados Unidos.

No ano em que chega aos 90 anos, o MoMA quer reabrir as portas com obras de artistas latinos, asiáticos, afro-americanos, japoneses e de outras partes do mundo. Haverá ainda espaço para novos trabalhos de media, escultura, arquitetura, design, fotografia e performance.

Das obras de requalificação que vão durar quatro meses vai ainda resultar a criação de uma sala com atuações ao vivo, como dança, música e trabalhos com imagem e som. Também será acrescentada uma nova galeria para espetáculos de dança, performance e trabalhos com imagem e som.

Com o anúncio das obras ficou ainda a saber-se que quando reabrir ao público, o museu vai ter um horário alargado. As portas vão abrir às 10 da manhã e encerrar às 21h.

PUB