Novos aviões e mais lugares. As novidades da ponte aérea TAP para 2019

A ponte aérea da TAP vai sofrer alterações no próximo ano, com o objetivo de dar resposta à grande procura por parte dos passageiros.

Airbus A330 Neo TAP
PUB

Para fazer face à procura que tem mantido as taxas de ocupação dos voos entre Lisboa e Porto em níveis elevados, a TAP anunciou nesta segunda feira que vai começar a operar a rota exclusivamente com aviões a jato, da família Airbus.

De acordo com um comunicado da companhia divulgado pela Agência Lusa esta reformulação da ponte aérea vai permitir à TAP aumentar em 50% o número de lugares disponíveis nas viagens entre as duas principais cidades portuguesas.

Vão passar a estar disponíveis 220 mil lugares por ano, em 13 ligações diárias, que chegarão a frequências de hora em hora nos períodos com mais procura.

Para além do aumento dos lugares, esta mudança traz outras vantagens. Passando a ser operada por aviões Airbus, as aeronaves passam a ficar estacionadas em banca, o que vai agilizar o processo de embarque e desembarque.

Desde que foi lançada, em 2007, a ponte aérea da TAP já transportou mais de dois milhões de passageiros.

PUB