Obras obrigam Aeroporto de Lisboa a fechar durante a noite

O Aeroporto de Lisboa vai fechar durante a noite durante pelo menos seis meses. O objetivo é fazer obras junto à pista que tornem a operação mais ágil.

Aeroporto Humberto Delgado Lisboa. Foto de Pixabay
PUB

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar entre as 23h30 e as 5h30 a partir do próximo dia 6 de janeiro e até junho. De acordo com o que avança a ANA – Aeroportos de Portugal (a empresa que gere o aeroporto) ao Observador, o encerramento deve-se a obras que têm como objetivo criar saídas da pista de aterragem para tornar a operação mais ágil.

Embora a empresa que gere o Aeroporto de Lisboa tenha confirmado o período de encerramento, foi o diretor geral da Easyjet que deu a notícia aos jornalistas durante a apresentação dos resultados operacionais da companhia, numa conferência de imprensa.

“Aumentar a fluidez” das operações dos aviões em terra e “diminuir as emissões de CO2” são os objetivos das obras que começam no início do ano, diz a ANA.

As companhias aéreas que operam em Lisboa foram antecipadamente avisadas das limitações a partir de janeiro, para que pudessem reajustar as suas operações, no entanto não devem ser feitos desvios de rotas para outros aeroportos, de acordo com fonte do Ministério das Infraestruturas, citada pela mesma fonte.

A legislação em vigor já prevê que os voos entre a meia noite e as seis da manhã tenham grandes limitações, permitindo-se apenas operações excecionais dentre destes horários. Legislação que não tem sido cumprida nos últimos tempos, de acordo com associações ambientalistas.

PUB

As obras que vão começar no início do ano fazem parte do plano de expansão do Aeroporto de Lisboa que prevê também a construção de uma nova unidade aeroportuária no Montijo.