Passageiro da Easyjet foi preso depois de tentar abrir porta de emergência em pleno voo

Depois de tentar abrir uma porta de emergência em plena altitude de cruzeiro, um passageiro da Easyjet foi preso pela polícia depois da aterragem.

Um avião da easyjet na pista de um aeroporto e um avião da easyjet a levantar voo
PUB

Um dos voos da Easyjet que nesta quarta-feira ligava a cidade britânica de Londres à italiana de Pisa ficou marcada por um incidente que deixou vários passageiros “com muito medo”. De acordo com o jornal The Sun, um dos passageiros que seguia a bordo tentou abrir uma das portas de emergência da aeronave em plena altitude de cruzeiro.

O homem em causa terá entrado na casa de banho do avião minutos antes de se dirigir a uma das portas de emergência com o objetivo claro de a abrir. “Ele saiu da casa de banho e foi em direção à saída de emergência e agarrou a maçaneta para tentar abrir a porta”, disse ao jornal britânico Richard Conyard que também seguia a bordo.

O caso terá ficado prontamente resolvido com a ação rápida da tripulação e de vários passageiros que imobilizaram o passageiro e o amarraram a um dos bancos da aeronave até à aterragem. “Um dos tripulantes gritou para ele parar e outros passageiros começaram a gritar e a chorar. Toda a gente estava compreensivelmente com muito medo, continua a mesma testemunha.

Em comunicado, a Easyjet informou que “pediu à polícia que estivesse presente no desembarque”, tendo o passageiro sido imediatamente detido. “Apesar de não ter sido possível abrir a porta devido à presssurização da cabine, a tripulação respondeu rapidamente para garantir que o passageiro permanecesse sentado até o avião pousar”.

É possível abrir as portas de emergência durante o voo?

PUB

Abrir as portas de um avião durante o voo é uma tarefa que apenas uma ferramenta com muita força seria capaz de cumprir, um macaco hidráulico, por exemplo. A pressurização a que a cabine de uma aeronave está sujeita exerce uma força tremenda sobre a fuselagem o que torna verdadeiramente impossível abrir seja que porta fôr.

As portas de emergência foram concebidas para que os passageiros pudessem sair rapidamente dos aviões em caso de emergência e apenas quando a aeronave já está imobilizada no solo, ou depois de uma amaragem bem sucedida.