Preço dos Passadiços do Paiva vai duplicar

A partir do próximo dia 1 de junho o preço dos Passadiços do Paiva vai sofrer alterações e caminhar na atração de Arouca vai ficar mais caro.

Passadiços do Paiva, em Arouca, num dia de sol. Foto de Joel Pais
PUB

A Câmara Municipal de Arouca acaba de aprovar em Assembleia Municipal o aumento dos preços dos Passadiços do Paiva para o dobro do que custavam até aqui. O objetivo, de acordo com os responsáveis, é aproximar as receitas da atração dos custos reais da sua manutenção.

A notícia, avançada pelo Público, esclarece que a partir do próximo dia 1 de junho os bilhetes comprados online vão deixar de custar um euro, para se fixarem nos dois euros. Já quem optar por comprar os ingressos presencialmente, vai ter que desembolsar quatro euros, quando atualmente o preço é de dois euros.

As crianças até doze anos ainda estão isentas de pagar, mas quando esta medida entrar em vigor, só os menores de dez anos terão acesso gratuito à “Melhor Atração Turística de Aventura”.

O que vai mudar nos Passadiços do Paiva a partir de 1 de junho?
1
Entradas compradas online deixam de custar um euro para passarem a custar dois
2 Entrada compradas presencialmente deixam de custar dois euros para passarem a custar quatro
3 Crianças com menos de dez anos não pagam entrada
4 Bilhetes comprados online podem ser revalidados, em caso de não serem usados, com uma penalização de 50% do valor

A medida só estará em vigor na época alta, entre 1 de abril e 30 de outubro de cada ano, no resto do ano os preços vão manter-se como até aqui.

PUB

“Neste momento o valor arrecadado não cobre todas estas despesas e, embora não seja fundamental ter lucro, até porque a construção dos passadiços teve apoio comunitário, é preciso aproximar a receita dos efectivos custos de operação deste equipamento, cujo impacto social e económico no território tem sido tremendo”, explicou Margarida Belém, Presidente da Câmara Municipal de Arouca, responsável pela gestão da estrutura.

O número de visitantes autorizados a aceder aos Passadiços do Paiva vai continuar a ser de 2000 por dia, pelo que a compra de bilhetes através da internet pode ser a forma mais segura de garantir entrada.

Com as novas medidas entra também em vigor a possibilidade de os visitantes poderem revalidar os bilhetes comprados online que não venham a usar, com o pagamento de um suplemento de 50% do valor pago.