Ryanair elimina taxa de alteração de voo nas reservas de julho e agosto

A taxa de alteração de voo na Ryanair passa a ser gratuita para voos marcados para julho e agosto. Clientes têm que fazer remarcação até ao final do ano.

Aviões da Ryanair estacionados no aeroporto. Foto de Paolo Margari Flickr
PUB

O setor da aviação, já se sabe, é um dos mais prejudicados pela pandemia de Covid-19, estando milhares de aviões em terra e muitos aeroportos fechados.

À medida que os países vão desconfinando, também as companhias aéreas vão recolocando os seus aviões no ar e fase que se segue é conseguir conquistar a confiança dos passageiros.

Neste sentido, e com o objetivo de dar aos clientes a maior flexibilidade possível, a Ryanair acaba de anunciar que todas as reservas feitas para os meses de julho e agosto vão poder ser alteradas sem penalizações.

Entre as condições para beneficiar desta tolerância, é necessário que os passageiros tenham feito a compra com antecedência, e os voos devem ser remarcados até ao final de 2020.

“Os destinos de férias mais populares como Itália, Portugal e Espanha já anunciaram a sua intenção de receber turistas internacionais e a Ryanair está preparada para receber passageiros a bordo a partir de 1 de julho”, frisa o diretor de marketing e digital da low cost.

PUB

A lista de rotas anunciadas pela Ryanair para os próximos meses está disponível aqui.

Autor

Artigos Sugeridos