Ryanair. Homem detido no Porto depois de dizer que havia uma bomba a bordo

Depois de dizer que havia uma bomba a bordo de um avião da Ryanair, um homem italiano foi detido no aeroporto do Porto na tarde desta terça-feira.

ryanair avião aeroporto aviação - pixabay
PUB

Um homem de 26 anos foi detido na tarde desta terça-feira no Aeroporto do Porto depois de ter dito que “havia uma bomba a bordo”, de acordo com o que a Lusa apurou, citada pelo Expresso. O italiano seguia abordo de um voo da Ryanair que fazia a ligação entre Bergamo, em Itália, e o Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

De acordo com a PSP o incidente aconteceu às 15h26 depois de o homem se ter desentendido com a tripulação da companhia irlandesa.

Depois de aterrar, o piloto do avião pediu estacionamento em posição de segurança e, de acordo com o Correio da Manhã as aterragens e descolagens no aeroporto do Porto estiveram suspensas durante cerca de 15 minutos, tendo sido retomadas prontamente.

O avião em causa já foi inspecionado e já está disponível para voltar a voar.

As motivações do homem não foram apuradas, encontrando-se detido pelas autoridades portuguesas.

PUB