Suíça já tem o funicular mais íngreme do mundo. Não é para todos

Há partes do percurso em que a inclinação chega aos 110%

PUB

O Schwyz-Stoos é o novo funicular mais íngreme do mundo destronando o Gelmerbahn, em Berna que passa agora a ocupar o segundo lugar.

A obra, que deve abrir ao público amanhã na Suíça é uma autêntica maravilha da engenharia e que tem como objetivo substituir um sistema antigo que funcionava desde 1933.

Com duas linhas de carruagens cilíndricas este mecanismo permite que os passageiros estejam sempre em posição vertical quer subam ou desçam a pista de 1720 metros com inclinações que chegam aos 110% (47,7º).

A obra ficará instalada na aldeia de Stoos, a cerca de 50km a Sul de Zurique e a 1300 metros de altura.

“Depois de 14 anos a planear e a construir, estamos muito orgulhosos”, disse um responsável ao The Guardian.

PUB