#zerowaste. Como viajar quase sem produzir lixo?

O movimento #zerowaste veio para ficar e a consciência ambiental de reduzir, reutilizar e reciclar está cada vez mais presente do dia-a-dia.

PUB

O movimento #zerowaste veio para ficar e a consciência ambiental de reduzir, reutilizar e reciclar está cada vez mais presente do dia-a-dia. 

Bea Johnson, Lauren Singer, Kathryn Kellogg são alguns dos exemplos de pessoas preocupadas que através dos seus blogs mostram como pode ser simples, viável, divertido e até económico viver sem produzir lixo.

E quando viajamos? Não podemos deixar a consciência em casa e temos mesmo que levar connosco esta máxima para que o mundo continue todo cá para poder ser visitado.

Se quer viajar ajudando a transformar o mundo num lugar mais sustentável, siga estas dicas.

Leve a sua própria garrafa de água para encher na viagem

A garrafa que já leva para o trabalho ou para o ginásio deve acompanhá-lo também nas viagens, não custa nada. Mas não se esqueça que quando passar pela zona do controlo de segurança do aeroporto a garrafa deve estar vazia para não correr o risco de ficar sem ela.

Não sabe onde comprar uma? A marca 24Bottles é uma ótima opção, uma vez que tem uma forte preocupação ambiental e as suas garrafas são feitas em aço inoxidável reutilizável.

Um saco de pano não pesa nada

Este é um objeto que todos temos em casa e que ajudam muito o ambiente porque evitam que caia na tentação de comprar um saco de plástico no supermercado.

Esqueça a escova de dentes de plástico

Troque a escova de dentes de plástico por uma escova de dentes em bambu. Só na Europa são produzidas e deitadas fora mais de mil milhões de escovas de dentes e só 9% desse plástico é reciclado. Sim, é um escândalo!

Para evitar todo este desperdício conheça a marca portuguesa The Bam & Boo Toothbrush,um produto biodegradável composto por 98% de bambu, tendo este material propriedades antibacterianas.

Desodorizantes amigos do ambiente

Sim, todos nós sabemos que os desodorizantes fazem muito mal ao ambiente, mas não usar é absolutamente uma não opção.

Uma alternativa mais sustentável aos tradicionais é o  desodorizante de Pedra de Alúmen Biork. É o primeiro desodorizante de cristal ecológico do mundo, totalmente reciclável. Tem uma acção anti bacteriana que neutraliza o mau odor, sem se infiltrar na pele e produz um efeito até 24h após a aplicação e pode durar até 2 anos com uma utilização diária. Não contém álcool, cloreto de aluminium, parabenos ou qualquer ingrediente sintético. São só vantagens para os viajantes e para o ambiente.

Cosméticos biológicos, sim existem!

Troque o champô e os cremes convencionais por cosméticos biológicos. A Lush contém uma variedade de sabonetes, cremes, máscaras e exfoliantes orgânicos feitos à mão que não são testados em animais. 

Os sabonetes portugueses A Saponina também são uma boa opção para o seu necessaire uma vez que são produzidos à mão, de forma sustentável e têm o azeite como matéria prima principal.

É um fã de palhinhas? Há alternativas!

Caso não consiga deixar de beber sem palhinhas, compre a sua própria palhinha em inox e deixe de usar as tradicionais de plástico. Sim, há palhinhas em inox!

Embrulhe as sandes de forma amiga do ambiente

E por último, caso seja adepto de levar sandes nas suas viagens, troque as folhas de alumínio ou os sacos de plástico por embalagens de pano ou pelos Bee´s Wrap feitos com cera de abelha que protegem os alimentos do ar e da humidade.

PUB

Foto de Pixabay