Fomos dormir no primeiro hotel cápsula de Espanha. Não é um 5 estrelas, mas é quase um luxo

Nasceu em Bilbau o primeiro hotel cápsula de Espanha. O W360.PT foi experimentar como é dormir em pouco mais de quatro metros quadrados.

Corredor de cápsulas 2 Optimi Rooms Hotel Cápsula de Bilbau
PUB

Já cai a noite quando chegamos ao número 58 da rua Areiltza Doktorearen Zumarkalea. Cheia de vida, com muitas pessoas nas esplanadas a comer pinchos e a beber cervejas, outras a passear com os animais de estimação e e há ainda quem apenas queira saborear o bom tempo que ainda se sente na capital do País Basco, apesar de em Lisboa o inverno já começar a dar o ar da sua (pouca) graça.

O hotel cápsula de Bilbau Optimi Rooms é discreto. Precisamos de nos aproximar para conseguirmos perceber que estamos mesmo na morada que procuramos desde que saímos do autocarro que nos levou do aeroporto ao centro da cidade. O interior, de paredes revestidas com uma material branco, parece o cenário de um filme de ficção científica. O tamanho não é uma das virtudes, mas também não era de espaço que estávamos à procura quando decidimos que queríamos dormir dentro de cápsulas.

O funcionário atrás do balcão é simpático e cumprimenta-nos em espanhol, uma língua que conseguimos falar perfeitamente, mas percebemos que se o inglês fosse a nossa opção, não representaria um problema. Depois de cumpridas as formalidades de check-in, o espaço é-nos apresentado com uma visita guiada personalizada. Ficamos a saber onde estão as casas de banho, quais são os cacifos onde podemos guardas as malas e só depois avançamos para o dormitório.

Há um corredor longo por onde se distribuem várias cápsulas, umas em baixo, outras em cima. O primeiro passo a aprender neste tutorial é a abrir a cápsula. Há um cartão magnético (semelhante aos cartões convencionais de hotel) que se encosta num sensor azul que rapidamente fica verde. A porta pode abrir-se a partir de agora.

Se a entrada do hotel nos deixa a pensar que estamos dentro de uma nave espacial, a cápsula propriamente dita dá a ideia de posto de comando. Há muitos botões por todo o lado. Ao centro está um espelho redondo e à volta os controlos servem para ativar o ar condicionado, ligar e desligar luzes de leitura e luzes gerais e até um botão para destrancar a porta que se tranca assim que é fechada por dentro.

PUB

Exatamente por cima da zona onde vão ficar os pés quando formos dormir está um ecrã. É uma televisão inteligente através da qual é possível aceder à internet, mas também ver filmes e séries de forma gratuita através do serviço Amazon Prime Vídeo (quem tiver contas noutros serviços de streaming, como a Netflix por exemplo, também os pode ativar). Para aceder a todo este mundo de entretenimento são necessários dois comandos e uns headphones, também fornecidos pelo hotel.

Este é um hotel que está aberto desde agosto em Bilbao, “mas ainda há muito para melhorar”, diz-nos o rececionista enquanto nos vai mostrando as comodidades. O barulho das portas das cápsulas a abrir e fechar é um dos pontos fracos e para o resolver todos os hóspedes são presenteados, sem precisarem de pedir, com uns tampões para os ouvidos. Também não se percebe porque é que quando o cartão é encostado ao sensor que desbloqueia a porta se ouve um bip bem sonoro, não faz sentido.

Este é um modelo de hospedagem importado de cidades do Oriente, como Tóquio ou Pequim, onde o espaço de construção de novas unidades hoteleiras escasseia. Na Europa começam a surgir algumas opções, mais pela curiosidade de quem ainda não visitou as cidades mais distantes, mas também porque acabam por se transformar numa forma de conseguir alojamento mais económicos, mas com mais privacidade do que um hostel tradicional, onde os hóspedes são distribuídos por beliches em camaratas.

A preocupação com alguns detalhes de conforto também é evidente. Os colchões são confortáveis e as almofadas são feitas de material viscoelástico. O sono é reconfortante.

O Optimi Rooms é o primeiro deste género em Espanha e está ainda em fase de consolidação. Os espaços são bem pensados, mas ainda há muito a melhorar. As casas de banho, por exemplo, tinham acabado de sofrer com inundações e estavam quase inutilizadas.

Optimi Rooms
Bilbau, Areiltza Doktorearen Zumarkalea, 58
a partir de €21/pessoa (noite)
8,1 (Muito Bom no Booking.com)
reservar no Booking.com

O Hotel Optimi Rooms fica a uma caminhada de dez minutos da paragem do autocarro que faz a ligação entre o aeroporto de Bilbau e o centro da cidade.