Dino Parque, um passeio até ao tempo dos Dinossauros na Lourinhã

O Dino Parque é o novo Parque de Dinossauros da Lourinhã e é considerado “o maior museu ao ar livre de Portugal”.

PUB

Não sabia há quanto tempo estava aberto (agora sei que o início da construção foi em 2017 e está aberto ao público desde 8 de fevereiro de 2018), mas desde que vi, algures no mundo cibernético, que havia um local onde podia viajar no tempo até à altura dos dinossauros, sabia que tinha de ir lá.

Considerado “o maior museu ao ar livre de Portugal”, o Dino Parque da Lourinhã é uma aventura para miúdos e graúdos. São 10 hectares, separados em quatro percursos diferentes, que vão contando a história de alguns dos momentos mais marcantes da Terra: o Paleozóico, Triásico, Jurássico e o Cretácico.

A cinco minutos apenas do centro da Lourinhã, entramos no parque – muito ao estilo do Parque Jurássico – e somos logo apresentados a um museu, com algumas das descobertas feitas, ali mesmo ao lado. Como fósseis e pegadas que fazem com que a Lourinhã seja considerada “A Capital dos Dinossauros” em Portugal. Temos também a oportunidade de ver in loco “a preparação de fósseis”.

Quanto ao parque em si – agora sim, a aventura de miúdos e graúdos – é como se fosse uma caminhada. Recomenda-se calçado confortável e um chapéu (se estiver sol), porque é provável que se passe uma tarde inteira a descobrir os dinossauros. E há tantos! São 120 modelos EM ESCALA REAL (senti a necessidade de colocar em maiúsculas porque, apesar de já ter lido, é sempre diferente ver, às vezes até tocar, nos gigantes que uma vez andaram por aqui, onde nós andamos hoje).

Os percursos fazem-se sem ordem específica, mas se for para percorrer a ordem cronológica, é seguir, na rotunda à entrada, da esquerda para a direita. Às vezes eles escondem-se entre as árvores, outras vezes são tão grandes que ocupam a paisagem inteira. E estão lá todos, desde os mais conhecidos – como o Tyrannosauros rex ou o Triceratops – até aos super dinossauros – como o Supersaurus (é mesmo assim o nome!). Todos acompanhados de informação pedagógica, não apenas onde eram originários ou a dieta alimentar, mas também quais os animais atuais que são descendentes de cada um.

Após a viagem no tempo, há uma zona para atividades, mais direcionada aos mais novos, onde é possível, por exemplo, “desenterrar” alguns fósseis e outras diversões ligadas à paleontologia. Caso haja crianças no grupo, no início do percurso, é dada uma raspadinha com perguntas sobre alguns dos dinossauros e sobre o Dino Parque.

PUB

Os preços variam entre os €9,5 para crianças entre os 4 e os 12 anos, e os €12,50 para adultos. Também há modalidades de grupos e família, é permitida a entrada a animais e há acessibilidades para todos.

(por curiosidade, a minha visita foi feita no final de abril de 2018, numa tarde cheia de sol e foi incrível)

Dino Parque
Lourinhã, Portugal (Rua Vale dos Dinossauros, 25 Abelheira)
crianças até três anos: grátis | crianças 4-12 anos: €9,5 | jovens e adultos: €12,5
 janeiro e fevereiro, outubro a novembro: todos os dias – 10:00 às 17:00 | março a maio: todos os dias – 10:00 às 18:00 | junho a setembro: 10:oo às 19:00
As últimas entradas no parque só são admitidas até uma hora e meia antes do encerramento.

aceda ao site

O Dino Parque fica a cerca de seis minutos do centro da Lourinhã e a forma mais prática de lá chegar é de carro. Pode ainda optar por recorrer ao taxi.

Reserve pelo menos duas horas e meia para conseguir visitar o Dino Parque